Páginas

27 de julho de 2013

Despreocupação e decisões certas


Uma pessoa que anda pelas montanhas e encontra uma rocha enorme bloqueando o caminho, perde tempo e energia tentando tirar o obstáculo. Se não consegue remover a rocha, desanima-se e reclama do seu azar. Para um piloto sobrevoando o local num avião, aquela rocha não representa nenhuma dificuldade. Ela ainda existe, mas porque ele vê a situação de uma perspectiva diferente, e o seu modo de transporte é outro, prossegue sem o mínimo sentimento de que algo grave aconteceu.
Qualquer situação, por mas difícil que pareça, pode ser encarada sob uma perspectiva diferente. O estado meditativo é o avião de onde posso ver os passos que dei para chegar num determinado local, e enxergar também o que está me esperando à frente. A visão do passado, presente e futuro de cada circunstância ajuda a manter-me despreocupado, sereno e principalmente a tomar as decisões certas .